quinta-feira, 25 de maio de 2017

Prévia da inflação é a menor para maio em 17 anos

A prévia da inflação oficial teve uma pequena alta este mês. Mesmo assim, foi a menor taxa para maio desde o ano 2000.

Pen drive que gravou conversa de Temer será periciado

A PGR espera receber ainda nesta terça-feira o pen drive usado pelo empresário Joesley Batista para gravar a conversa com o presidente Michel Temer. A conclusão da perícia oficial no equipamento e no áudio pode demorar até 30 dias.

Câmara mantém salário de R$ 30 mil e plano de saúde para deputado envolvido em corrupção

A mesa diretora da Câmara Federal decidiu manter o salário de mais de R$ 30 mil e o plano de saúde do deputado afastado, Rodrigo Loures, do Paraná. O parlamentar está envolvido no escândalo de corrupção que estourou com a delação de executivos da JBS. Loures foi filmado com uma mala que teria R$ 500 mil, em dinheiro vivo, que seria usado para o pagamento de propina.

Estado Islâmico reivindica ataque em show em Manchester

O Estado Islâmico reivindicou a autoria do ataque realizado por um homem-bomba que matou 22 pessoas na saída de um show da cantora Ariana Grande em Manchester, no norte da Inglaterra.

PF desarticula esquema comandado por Beira-Mar de dentro de presídio

Uma operação da Polícia Federal, realizada em vários Estados, desarticulou um esquema criminoso comandado pelo traficante Fernandinho Beira-Mar, que cumpre pena em um presídio de segurança máxima, em Rondônia. Imagens obtidas, com exclusividade pelo Jornal da Record, mostra como Beira-Mar enviava ordens de comando para fora da cadeia. Familiares e criminosos ligados ao traficante foram presos. De acordo com as investigações, Beira-Mar, preso desde de 2001, ainda comanda 13 comunidades de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, e teria lucrado R$ 9 milhões nos últimos dois anos.

Ex-governadores do DF e assessor de Temer são presos

Eles são suspeitos de envolvimento em um esquema de superfaturamento de quase R$ 1 bilhão nas obras do estádio mais caro da Copa - o Mané Garrincha, em Brasília.

MP critica operação na Cracolândia e liminar impede retirada de moradores do local

A operação realizada pela Prefeitura, na região central da cidade, provocou a migração de dependentes químicos. Moradores de outros bairros estão apreensivos com a expansão das microcracolândias. O Ministério Público classificou a desocupação da Cracolândia de 'mal executada'. A Defensoria Pública de São Paulo conseguiu, na tarde desta quarta (24), uma liminar para impedir a demolição de prédios na região e também proibiu a retirada de moradores do local.